sábado, 29 de junho de 2013

Água e qualidade de vida


Desde 1999 o Esplar vem desenvolvendo pesquisa sobre o potencial de plantas da caatinga para a produção de corantes naturais, com um mínimo de impacto ambiental, visando produtos alternativos que proporcionem agregação de valor e melhoria de renda para as famílias rurais.O Projeto Água e Qualidade de Vida objetiva aumentar a disponibilidade de água potável para o consumo das famílias no sem-árido e apoiar a luta das organizações por políticas públicas que facilitem o acesso à água de qualidade. O Esplar, integrante do Fórum Cearense pela Vida no Semi-Árido, difunde tecnologias apropriadas para a captação de água, em especial as cisternas de placas.
A partir do ano 2000, o Fórum assumiu a gestão do Projeto 1 Milhão de Cisternas, desenvolvendo essa tecnologia em 82 municípios. Em 2002 o Esplar assume atividades de execução do Projeto Dom Hélder Câmara para a realização de ações de capacitação e formação junto à agricultores e agricultoras de 18 assentamentos e 4 municípios. É indicado pela coordenação do projeto para ser ONG de referência em gênero, responsável por garantir esse enfoque nas atividades desenvolvidas pelo projeto.

Flavio Barbon 3ºEM