quarta-feira, 3 de julho de 2013

Maneiras Sustentáveis


  Inventor de Xaxim transforma lixo em madeira
       
        Uma tecnologia desenvolvida na região Oeste pode ser a solução para um problema mundial: o lixo. É que o inventor Márcio Anderson Ribeiro, de Xaxim, passou sete anos desenvolvendo um sistema revolucionário de reaproveitamento de lixo. Ele acabou descobrindo a fórmula para transformar resíduos sólidos em madeira aproveitável até pela indústria moveleira.
        A empresa de Xaxim, que trabalha com o processamento de plástico, descarta cerca de 12 mil quilos por mês de rejeitos. O problema está no que fazer com tudo isso. E foi pensando nestes materiais que Ribeiro desenvolveu o projeto. A madeira que se forma é de alta durabilidade, com uma vida útil de mais de 100 anos. Tudo isso com um preço até 50% menor do que o de madeiras convencionais.
        O processo se torna mais barato justamente por não precisar de separação entre os materiais e por ter uma tolerância de até 3% de matéria orgânica, como restos de comida, por exemplo, na composição. O projeto, além de reduzir a quantidade de lixos dos aterros sanitários, também pode diminuir o desmatamento, já que essa nova madeira pode substituir a retirada de florestas.
        A invenção já chamou a atenção inclusive de países como Rússia, França, China e é claro, de lideranças brasileiras. A nova tecnologia está mais próxima de entrar em ação. Dentro de seis meses esse processo de reaproveitamento, pode ser feito em uma fábrica piloto no município de Joinville. O investimento vai ser de aproximadamente R$ 5 milhões. Na Unidade, vai ser possível reaproveitar cerca de 600 toneladas de rejeitos por mês para a fabricação da madeira.

                                            
                                          Sistemas reutilizam água da pia na descarga dos sanitários

       Dar descarga pode se tornar algo mais inteligente e sustentável graças a uma criação da empresa Sloan Valve. O sistema é simples e capaz de evitar que 19 mil m3de água potável escorram, literalmente, ralo abaixo todos os anos. O Sloan® AQUS® Greywater System filtra a água que cai pelo cano da pia e a reaproveitar no vaso sanitário.
       O sistema pode ser facilmente instalado em qualquer sanitário e conta pontos para conseguir o certificado LEED. A água que cai da pia passa por um filtro que limpa e retira as partículas mais pesadas. Depois essa água vai para um depósito localizado em baixo do lavabo. Quando alguém utiliza a descarga do vaso, um dispositivo bombeia a água que estava armazenada para o tanque do vaso e a utiliza na próxima descarga.



 Maria Vitória Seifert Scartazzini, 1º E.M.