quarta-feira, 3 de julho de 2013

Exemplos de sustentabilidade

Aluno: Daniel Dall'agnol, 1ª série do Ensino Médio.


A Votorantim Siderurgia busca melhorar continuamente o desempenho ambiental de suas unidades. Para tanto, conta com indicadores de sustentabilidade que visam avaliar tanto as operações quanto sua influência na comunidade. Entre as ações realizadas pela empresa estão atividades de educação ambiental, reflorestamento, coleta seletiva, e monitoramento da qualidade do ar.
Através de uma interação constante com a comunidade, a VS busca o apoio em suas ações de preservação ambiental e, ao mesmo tempo, colabora com a educação e conscientização da sociedade.



       Programas de Educação Ambiental

O Programa de Educação Ambiental da Votorantim Siderurgia incorpora a educação ambiental como um valor cultural da empresa, procurando desenvolver conhecimentos, atitudes e habilidades necessárias à preservação dos recursos ambientais. O Programa tem três pilares fundamentais: os funcionários da VS, seus familiares e as comunidades onde moram e situadas próximas às unidades da VS.

Desde a sua inauguração (2006), o programa envolveu mais de 6 mil pessoas: professores de escolas públicas foram capacitados em educação ambiental, filhos de funcionários e terceiros fixos se capacitaram como monitores ambientais e todos os funcionários e terceiros fixos realizaram cinco modalidades de treinamentos ambientais.

Reflorestamento

Seguindo orientação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), a Votorantim Siderurgia está plantando um cinturão verde que abrange 32% da área total da nova Unidade Resende - que possui 4,3 milhões de metros quadrados. Ao todo, serão plantadas mais de 200 mil espécies nativas numa área de um milhão e quatrocentos mil metros quadrados. Somente no ano de 2008 foram plantadas 60 mil mudas de espécies nativas. A previsão é que o projeto leve cinco anos para ser concluído.


          Monitoramento da Qualidade do Ar

Visando avaliar os possíveis impactos gerados pela instalação de suas unidades nas cidades onde atua, a Votorantim Siderurgia mantém monitoramento constante da qualidade do ar. Nas cidades de Barra Mansa, Resende e Itatiaia possui cinco estações estrategicamente instaladas que fazem o monitoramento da qualidade do ar nas áreas de influência direta. Estas estações monitoram continuamente a qualidade do ar obtendo dados precisos e em tempo real graças à alta tecnologia empregada nos equipamentos.

Os dados são enviados diretamente para o órgão ambiental estadual e poderão dar às prefeituras locais informações importantes para a definição de políticas públicas voltadas para a gestão ambiental municipal, além de criar subsídios para as ações de controle ambiental da própria VS.

Coleta Seletiva de lixo

A reciclagem é fundamental para a preservação do meio ambiente, pois reduz os volumes destinados aos aterros sanitários e, conseqüentemente, ameniza o impacto ambiental. Materiais reciclados também ajudam a diminuir a utilização de matérias-primas, o consumo de água e energia, além de gerar uma fonte de emprego e renda. As unidades da Votorantim Siderurgia adotaram a coleta seletiva de lixo e dispõem de coletores específicos para ajudar na separação dos materiais. Atualmente, mais de 90% dos resíduos produzidos pela VS são empregados como matéria prima em outros processos, privilegiando o reuso e a reciclagem de materiais.

Monitoramento do Rio Paraíba do Sul

O monitoramento do rio Paraíba do Sul, realizado pela Unidade Resende, tem indicado que o trecho Funil-Resende apresenta uma boa qualidade de água em relação à maioria dos outros trechos. O monitoramento – uma parceria entre a VS, a Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente (Feema) e a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), é realizado mensalmente em vários pontos do rio Paraíba do Sul.

Esta ação vem sendo realizada desde abril de 2007, ajudando os órgãos ambientais competentes a traçar estratégias para o controle ambiental. Além disso, serve como incentivo para outros estudos semelhantes em trechos até então não monitorados.

O rio Paraíba do Sul é um dos mananciais superficiais de maior importância no Brasil, abastecendo aproximadamente 14,2 milhões de pessoas.